sábado, 17 de junho de 2017

Voltando ao ponto do ciclo

Faz um tempo desde que não dou as caras por estas bandas, não é? Você pode até pensar que é desleixo deste que vos fala e talvez seja mesmo, ou então pode pensar que eu só não ligo mais para este blog, ou que fui abduzido por aliens com cabeças octogonais de um olho só.

Mas não.


O motivo de eu estar sem dar as caras por estas bandas é o de sempre: a vida.

Clichê, não é? É. Mas ela é assim também.

Aconteceu diversas coisas nestes últimos tempos, algumas bem fodidas mesmo - espero que não se incomode com os palavrões que eu possa, eventualmente, escrever - e outras nem tanto. Uma delas foi no meu pc, se você me acompanha no Wattpad deve saber do que estou falando, se não, só digo que ele deu pau e isso me ferrou muito.

As outras coisas? Ah... Alguns planos meus deram errados (embora eu já esteja acostumado com isso), alguém me deixou (isso também, embora seja um sentimento novo para mim, saca? Não entendeu? Um dia explico melhor), eu decepcionei alguém (isso não é novo para mim), alguns problemas de saúde (normal, mas nada grave, ainda bem). Enfim, uma porrada de coisa que eu não vou enumerar aqui para você, não que eu não queira, mas é que você não merece ser amolado por isso.

"Então o que você quer aqui?" 

Você deve ter perguntado, não é? Não? Ah... Bom, mas eu me perguntei, então... O que eu quero dizer é que as coisas estão voltando ao ponto inicial do ciclo - um dia eu explico sobre o ciclo, talvez faça isso em um quadrinho. Acredito que o fato de eu estar tendo essa conversa com você é prova disso, entende? Eu não estou mais tão na merda quanto antes, mesmo quando estava eu filtrei tudo a meu favor, criei vários quadrinhos, escrevi várias coisas e aprendi outras.

Não sei se nossa conversa foi clara. De qualquer jeito eu avisei, no inicio disso - não desse - que talvez nunca fizesse sentido ou ficasse clara. 

Agora eu tenho de ir, hoje é sábado e aos sábados eu faço um monte de nada. Fique de olho por aqui, assim que eu der um jeito no pc ou conseguir emprestar um, editarei o próximo quadrinho do Paralelos e outras coisas. Bom sábado para você e, já ia esquecendo, quero deixar uma música aqui, mas você só ouve se quiser, não, não tem nada haver com esse nosso papo, mas é que eu curto ela.


Ei, sabe, eu queria ouvir essa música ás 5 da manhã, deveria estar frio, sendo um daqueles dias cinzentos, saca? Eu estaria em algum lugar alto tomando alguma coisa forte.

Atualização recente enquanto escrevia isso:

Meu gato sumiu já faz seis dias, acabo de saber que no bairro há um cara que anda botando comida envenenada só para matar gatos. A vida sendo a vida.

Mas eu vou descobrir quem é esse cara.

4 comentários:

  1. "Mente ociosa é a almofada do demônio", como diz o provérbio alemão. Transforma essas mazelas em energia criativa e passa para a próxima página. Porque a vida é assim, capítulo que termina, capítulo que recomeça.

    Vou te adicionar ao meu grupo "A Brigada dos Mazelas" no Whatsapp, hahaha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk, isso ai, bro! Me põe nesse grupo ai, o nome é maneiro kkkkk

      Excluir
  2. Olá Evaristo! Desejo boa sorte em seus planos e em sua vida, e que tudo dê certo por ai!
    P.S.Gatos são um mistério... Melhor torcer para que ele (ou ela) tenha sumido, por uma aventura felina, mas volte...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Ric!

      É, o meu costumava ficar três dia, no máximo, fora de casa. Infelizmente ele não retornou mais e fui me informar com uma senhora aqui de perto e os gatos dela morreram também. Confesso que estou bem triste com isso e com raiva da pessoa que possa ter matado ele.

      Excluir